Oscar 2011 – Resumão

Na noite do último domingo (27), aconteceu, no luxuoso Kodak Theatre, em Hollywood, a 83ª festa de cerimônia de entrega do Oscar, prêmio máximo do cinema mundial e uma das premiações mais importantes do mundo da arte.

A apresentação foi comandada pelos novatos Anne Hathaway e James Franco. Anne, superando qualquer expectativa à sua volta, deu uma aula de simpatia e carisma, inclusive ao apresentar um pequeno número musical durante a cerimônia; já James, bom, ele foi suficiente. Mesmo com toda sua beleza, ele não conseguiu ter o mesmo brilho de sua parceira e muito menos do veterano Billy Crystal, que já esteve sete vezes no palco do Kodak e apareceu por lá ontem para nos relembrar a primeira transmissão do Oscar pela TV. Detalhe: Billy foi aplaudido de pé.

Outro veterano que apareceu por lá foi Kirk Douglas, piadista, que soltou um comentário digno sobre Hathaway (“Onde você estava quando eu fazia cinema?”). Kirk arrancou risos da platéia, mas creio que sua apresentação durou um pouco mais do que o desejado – chega, Sir Kirk.

Apesar de ter sido uma cerimônia sem muita ostentação (mesmo com todo o requinte que lhe é peculiar), o Oscar 2011 teve seus pontos altos. Além do que já foi comentado, vale citar a homenagem póstuma feita por Celine Dion, interpretando a comovente “Smile”. Também vale comentar o vídeo com as canções de cinema mais inesquecíveis de todos os tempos, onde temos um Barack Obama relembrando “As Time Goes By”, e também as participações da influente Oprah e do talentoso Kevin Spacey.

Sobre as premiações em si, algumas considerações. Primeiro, os prêmios foram muito bem distribuídos. Na primeira posição, empate para “O Discurso do Rei” e “A Origem”, com quatro estatuetas cada um, seguidos por “A Rede Social”, com três premiações. Depois disso, tivemos um terceiro lugar ocupado por “O Vencedor”, “Toy Story 3” e – inesperadamente – “Alice no País das Maravilhas”.

Alguns prêmios foram discutidos. O primeiro deles foi o de melhor atriz coadjuvante para Melissa Leo, por sua atuação em “O Vencedor”. Apontada como favorita, ela enfureceu os fãs da excêntrica Helena Bohram Carter, que foi espetacular em sua atuação em “O Discurso do Rei” – isso sem mencionar que Helena fez ponta no filme de Burton, como a louca Rainha Vermelha, o que já valeria qualquer premiação que a atriz venha a conquistar daqui pra frente. Cortem a cabeça de quem não escolheu Helena.

Ao lado de “A Origem”, de Christopher Nolan, “O Discurso do Rei” recebeu o maior número de prêmios na noite.

Outro prêmio comentado foi o de melhor trilha sonora original, levados por Trent Reznor e Atticus Ross pelo trabalho em “A Rede Social”, desbancando o veterano Hans Zimmer com “A Origem”. O Brasil não faturou sua estatueta por “Lixo Extraordinário”, perdendo para o documentário “Inside Job” (Trabalho Interno), narrado pelo astro Matt Damon. Randy Newman levou a estatueta de melhor canção original por “We Belong Together”, de “Toy Story 3” – o que evidenciou a falta de boas canções em 2010.

No final, o favoritismo imperou. Natalie Portman, deslumbrante em “Cisne Negro”, faturou o prêmio de melhor atriz, assim como Colin Firth em “O Discurso do Rei” e “Toy Story 3” como melhor animação. Steven Spielberg entregou o Oscar de melhor filme para a equipe de “O Discurso do Rei” – acabando com a lenda de que quem vence a melhor montagem leva melhor filme, que foi o que não aconteceu com o insosso “A Rede Social”. No final, uma apresentação ao som de “Over The Rainbow”, que fechou com a noite brilhantemente.

Confirmando seu favoritismo, Natalie Portman recebeu emocionada o prêmio de melhor atriz por sua atuação em “Cisne Negro”.

Confira a lista completa dos vencedores da maior premiação do cinema mundial:

  1. Melhor Direção de Arte: Alice no País das Maravilhas
  2. Melhor Fotografia: A Origem
  3. Melhor Atriz Coadjuvante: Melissa Leo (O Vencedor)
  4. Melhor Curta de Animação: The Lost Thing
  5. Melhor Longa de Animação: Toy Story 3
  6. Melhor Roteiro Adaptado: A Rede Social
  7. Melhor Roteiro Original: O Discurso do Rei
  8. Melhor Filme em Língua Estrangeira: Em um Mundo Melhor
  9. Melhor Ator Coadjuvante: Christian Bale (O Vencedor)
  10. Melhor Trilha Sonora Original: Trent Reznor e Atticus Ross (A Rede Social)
  11. Melhor Mixagem de Som: A Origem
  12. Melhor Edição de Som: A Origem
  13. Melhor Maquiagem: O Lobisomem
  14. Melhor Figurino: Alice no País das Maravilhas
  15. Melhor Curta Documentário: Strangers no More
  16. Melhor Curta Metragem: God of Love
  17. Melhor Documentário: Inside Job
  18. Melhor Efeitos Visuais: A Origem
  19. Melhor Montagem (edição): A Rede Social
  20. Melhor Canção Original: We Belong Together (Toy Story 3)
  21. Melhor Diretor: Tom Hooper (O Discurso do Rei)
  22. Melhor Atriz: Natalie Portman (Cisne Negro)
  23. Melhor Ator: Colin Firth (O Discurso do Rei)
  24. Melhor Filme: O Discurso do Rei
Anúncios

3 pensamentos sobre “Oscar 2011 – Resumão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s