Oscar 2016: Resumão

Pois é, acabou de acontecer neste domingo (28), no Teatro Dolby, em Los Angeles, a 88ª cerimônia de entrega dos Academy Awards – o Oscar 2016, a maior premiação do cinema mundial.

O anfitrião deste ano foi o comediante Chris Rock, que já havia assumido o posto em 2005 – e o rapaz já iniciou a noite fazendo piadinhas bem mais ou menos sobre algumas polêmicas desta edição (talvez até mesmo como forma de diminuir as provocações que a Academia sofreu). Com um discurso fraco sobre racismo, salvou-se apenas a declaração em alto e bom som “Nós (negros) queremos oportunidades!” – e, cá entre nós, Hollywood precisa repensar nisso urgentemente.

01

Fato: a cerimônia deste ano veio acompanhada de muito falatório. A princípio, a Academia recebeu inúmeras críticas pela diversidade (ou falta dela) entre os indicados: além da visível ausência de indicações do sexo feminino, não houve nenhum negro nas categorias de melhores atores e atrizes coadjuvantes e principais (assim como na edição anterior). Além disso, chamou a atenção também o fato de que não havia grandes “favoritos” nas principais categorias – e isso, sob certo aspecto, ajudou a acirrar a disputa, que ficou ainda mais concorrida nos últimos dias.

Com uma apresentação pouco empolgante, Dave Grohl homenageou os principais nomes da indústria cinematográfica que nos deixaram recentemente, como David Bowie, os atores Christopher Lee, Alan Hickman e Omar Sharif e o musicista James Horner, autor da trilha sonora de Titanic. De musical, vale lembrar que a popstar Lady Gaga também performou sua Till It Happens to You – música que perdeu o prêmio de melhor canção original para Writing on The Wall, do filme 007 Contra Spectre, interpretada por Sam Smith. Quem também emocionou foi Ennio Morricone, o veterano compositor italiano que levou sua merecida estatueta por seu trabalho em Os 8 Odiados – o desprezado último filme de Quentin Tarantino.

À esquerda, Leonardo DiCaprio em "O Regresso"; à direita, "Mad Max: Estrada da Fúria", maior premiado da noite.

À esquerda, Leonardo DiCaprio em “O Regresso”; à direita, “Mad Max: Estrada da Fúria”, maior premiado da noite.

No final, o maior premiado da noite foi Mad Max: Estrada da Fúria, que levou pra casa 6 estatuetas (todos técnicos). O Regresso, que recebeu o maior número de indicações, ficou com 3 prêmios, incluindo o tão sonhado Oscar para Leonardo DiCaprio e de direção para Alejandro G. Iñarritu – que ganhou pelo segundo ano consecutivo como melhor diretor. A grande “zebra” da noite ficou por conta de Spotlight: Segredos Revelados, que ganhou o prêmio máximo, deixando muita gente frustrada.

Confira abaixo os vencedores desta edição:

CATEGORIA VENCEDORES
FILME Spotlight: Segredos Revelados
DIRETOR Alejandro G. Iñarritu (O Regresso)
ATOR Leonardo DiCaprio (O Regresso)
ATRIZ Brie Larson (O Quarto de Jack)
ATOR COADJUVANTE Mark Rylance (Ponte dos Espiões)
ATRIZ COADJUVANTE Alicia Vikander (A Garota Dinamarquesa)
ROTEIRO ADAPTADO A Grande Aposta
ROTEIRO ORIGINAL Spotilight: Segredos Revelados
FILME EM LÍNGUA ESTRANGEIRA Filho de Saul (Hungria)
ANIMAÇÃO Divertida Mente
DOCUMENTÁRIO Amy
EDIÇÃO Mad Max: Estrada da Fúria
EFEITOS VISUAIS Ex-Machina: Instinto Artificial
FIGURINO Mad Max: Estrada da Fúria
DIREÇÃO DE ARTE Mad Max: Estrada da Fúria
MAQUIAGEM E CABELO Mad Max: Estrada da Fúria
MIXAGEM DE SOM Mad Max: Estrada da Fúria
EDIÇÃO DE SOM Mad Max: Estrada da Fúria
FOTOGRAFIA O Regresso
TRILHA SONORA Os 8 Odiados
CANÇÃO ORIGINAL Writing on The Wall (007 Contra Spectre)
DOCUMENTÁRIO (CURTA) A Girl in The River: The Price of Forgiveness
ANIMAÇÃO (CURTA) Bear Story
CURTA Stutterer
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s