50 Filmes Que Marcaram Sua Infância – Parte I

Janeiro é mês de férias, certo? E férias lembram o quê? Praia, muito sol, mar, gente bonita e saudável desfilando por aí? Não! Lembra apenas que você está em casa sem ter o que fazer e, consequentemente, vai ligar a TV para assistir aqueles programas de fofoca que passam entre as 14h e 17h (ou, na pior das hipóteses, o Casos de Família) – ou, caso você seja um cinéfilo inveterado, vai ligar a TV em suas tardes monótonas e procurar aquele bom filme para assistir enquanto curte seu ócio, certo?

Se você nasceu nas décadas de 80 e no comecinho de 90, certamente passou boa parte de sua infância assistindo aqueles clássicos filmes que passavam na TV aberta, em programas como Sessão da Tarde ou Cinema em Casa. É exatamente por esta razão que eu resolvi escrever uma série de artigos (postados semanalmente) e selecionar aqui 50 filmes que marcaram nossa infância e, cada qual por alguma razão específica, tornaram-se clássicos de toda uma geração. Os 10 primeiros vou postar hoje – mas quero ver a participação de todos, indicando aquele filme todo especial que tem um lugar reservado no seu coração cinéfilo e saudosista. Afinal, quando os filmes que você assistiu no cinema começam a passar na Sessão da Tarde, meu amigo, é sinal de que a idade já está chegando para você…

1. A Lagoa Azul
Uma das lembranças que tenho do Ensino Médio é ter levado uma nota A no semestre por ter dito a professora de literatura que A Lagoa Azul exemplificava muito bem o mito do “bom selvagem” – teoria romântica do filósofo Jean-Jacques Rousseau (já era nerd desde aquela época), que pregava que o homem nascia bom e livre, mas a sociedade o contaminava. Notas à parte, esse é um dos maiores clássicos das tardes globais de todos os tempos (e um dos mais reprisados pela emissora carioca).

Image


2. Curtindo a Vida Adoidado

Salve Ferris! Curtindo a Vida Adoidado é uma daquelas comédias que todo mundo ama amar. Matthew Broderick (em um dos personagens mais memoráveis de sua carreira) vive Ferris Bueller, um estudante que mata um dia de aula para viver grandes aventuras ao lado de sua namorada e seu melhor amigo, enquanto o diretor do seu colégio e sua irmã ciumenta tentam revelar os “podres” do adolescente.

3. Edward Mãos de Tesoura
Impossível não se emocionar com cada cena do premiado filme do meu do seu, do nosso diretor preferido Tim Burton. Contando com as participações do gênio Vincent Price e de Winona Ryder, o filme conta a trajetória de Edward, a criação de um velho inventor que falece antes de terminar sua obra e deixa Edward sem nenhuma de suas mãos (que são substituídas por tesouras). Quando Edward é descoberto por uma vendedora de cosméticos (Avon, nunca Jequiti) na sombria mansão onde vive, ele é levado para passar um tempo na cidade, causando grande alvoroço na vizinhança.

Image


4. Meu Primeiro Amor

Antes de chocar o mundo ao aparecer destruído na frente das câmeras, Macaulay Culkin foi uma bela criança. Aliás, não apenas bela – mas uma das maiores estrelas mirins do cinema de todos os tempos. Meu Primeiro Amor é, talvez, um dos melhores filmes de Culkin, que interpreta o tímido Thomas, melhor amigo de Vada, uma garota de 11 anos que está entrando na adolescência e, ao lado de Thomas, vai passar por experiências que irão mudar sua vida (desde o primeiro beijo até o último adeus). A trilha sonora, bem, é algo à parte…

5. E.T.
Lançado em 1982, E.T. é uma das maiores bilheterias da história do cinema e uma das obras-primas do gênero ficção-científica. Dirigido por Steven Spielberg, o longa narra a amizade entre um alienígena perdido na Terra e um garoto de 10 anos, que protege seu amigo durante sua estadia no planeta e o ajuda a regressar ao seu planeta. O filme foi a maior bilheteria da história durante 11 anos consecutivos, até ser ultrapassado por Jurassik Park, do mesmo diretor.

Image


6. Labirinto – A Magia do Tempo

Não foi uma grande bilheteria, mas é inegável que Labirinto – A Magia do Tempo é um daqueles filmes que a gente adora assistir – seja pela performance de David Bowie como Jareth, seja pelas músicas compostas por ele para seu personagem, ou pelo universo encantado criado para a história da garota que se envolve em uma grande aventura para resgatar seu irmão mais novo das garras dos Goblins – mas para isso, tem que atravessar um complexo labirinto repleto de desafios (estou muito narrador da Sessão da Tarde?).

Image


7. Cheque em Branco

Acho que meu instinto capitalista e consumista surgiu com o longa Cheque em Branco, filme que conta a história de Preston Waters, um garoto que recebe de um bandido um cheque em branco para cobrir os prejuízos com um atropelamento – mas faz o documento no valor de 1 milhão de dólares (em barras de ouro, que valem mais do que dinheiro – mentira) e sai gastando por aí. Quem nunca?

Image


8. A Família Buscapé

Comédia irresistivelmente pura, A Família Buscapé conta a história de um grupo de caipiras que descobre uma verdadeira mina de ouro em seu sítio e se muda para a cidade grande. Lá, eles se envolvem em incríveis confusões, enquanto despertam a cobiça de uma galera que está doida para botar as mãos na fortuna da família (sim, acho que estou muito narrador…).

Image

9. Uma Babá Quase Perfeita
O que você faria para reconquistar sua família? Bom, Robin Willians se travestiria de uma senhora idosa e assumiria o emprego de babá para ficar mais perto de seus amados filhos. Sim, este é o enredo de Uma Babá Quase Perfeita, uma das comédias mais deliciosas da década de 1990. Obviamente, o filme faturou o Oscar de melhor maquiagem no ano em que foi lançado.

  • Image


10. Ghost – Do Outro Lado da Vida

Mas nem só de comédia, aventura ou filmes infantis vivem a TV aberta. Há espaço para aqueles romances água com açúcar para encher os olhos de lágrima. E é nessa categoria que destacamos Ghost – Do Outro Lado da Vida, filme de 1990, protagonizado por Demi Moore e Patrick Swayze – que recebeu 5 indicações ao Oscar, incluindo melhor filme. Quem não se recorda da clássica canção Unchained Melody, regravação da dupla The Righteous Brothers, que se tornou o tema principal do filme?

Então, faltou algum filme? Óbvio, certo? Na próxima semana tem mais. Até lá…
PS.: lembrando que você também pode conferir este e outros artigos meus e de uma galera muito boa no site do cafecomwhisky.com.br.

Finalmente é Natal! Okay, e aí???

Então, finalmente é Natal!

Época de reunir a família, os amigos, comer panetone, fazer amigo secreto, gastar com presentes, dizer aos colegas da empresa que os ama (aham) e muito mais como assistir aos especiais do Roberto Carlos e da Xuxa. É época de refletir sobre a vida e repensar em tudo aquilo que se passou no ano que já está quase acabando – guardar o que foi bom e jogar fora o que restou pois acredito nos meus sonhos… (até porque o real sentido de Natal há muito tempo já deixou de existir, certo? Nascimento de Jesus, cadê?).

Mas aqui é um site cujo autor é um cinéfilo inveterado. E por esta razão, nada melhor do que listar aqui alguns filmes indispensáveis para se assistir nessa data – na verdade, para alguns deles você não terá opção mesmo. Então, já que no Brasil não tem neve e você vai ficar chupando o dedo achando que vai fazer um belo bonequinho ou que o velho Noel vai descer chaminé adentro, dê uma conferida nos títulos e escolha o seu. Garanto que um bom filminho nesse feriado chuvoso vai cair muito bem.

O Estranho Mundo de Jack (1993)
O nosso bom e velho Tim Burton (todo amor a ti, Burton) criou, em 1993, seu primeiro longa em animação e de cara agradou a todos. De fato, O Estranho Mundo de Jack é uma das animações mais cultuadas e amadas de todos os tempos. A história do Rei do Halloween que decide recriar o Natal a seu modo um tanto quanto “assustador” se tornou filme obrigatório nas noites de Natal, trazendo personagens inesquecíveis aos cinemas – o que resultou em um das produções burtonianas de maior aprovação na crítica.

estranhomundodejack


Esqueceram de Mim (1990)
Impossível não se lembrar deste filme quando falamos em Natal. Esqueceram de Mim (que depois ganhou outras sequencias) é uma das comédias mais hilárias de todos os tempos. A história do garotinho que é esquecido em casa por sua família na época natalina e tem de enfrentar sozinho dois atrapalhados bandidos fez platéias de todo o mundo rolar de rir nos cinemas – boa parte por conta das caras impagáveis e da atuação certeira do jovem Macaulay Culkin.

esqueceramdemim


Um Herói de Brinquedo (1996)
Quem já deixou para comprar o presente natalino para aquela pessoa especial às vésperas do Natal sabe exatamente o que Arnold Schwarzenegger passou em Um Herói de Brinquedo. Arnold é um importante homem de negócios que promete ao filho um brinquedo como presente de Natal – mas não imagina que o boneco tão sonhado pelo filho está em falta devido à alta demanda de fim de ano. O filme se tornou um sucesso instantâneo na época em que foi lançado e chamou a atenção para Arnold, famoso por seus filmes de ação, atuando em uma comédia natalina.

heroidebrinquedo


O Expresso Polar (2004)
Animação clássica nas noites de Natal e com um elenco que inclui Tom Hanks e Josh Hutcherson, O Expresso Polar recria a fábula da criança desiludida que não acredita mais em Papai Noel. Esperando por algo que o faça voltar a acreditar na figura natalina, ele embarca em um trem negro com destino ao Pólo Norte.

expressopolar


O Grinch (2000)
Adaptado dos livros do Dr. Seuss, O Grinch é um daqueles filmes que a Globo adora reprisar nessa época. Jim Carrey interpreta um Grinch que detesta o Natal e decide bolar um plano para impedir que os moradores de uma pequena cidade comemorem essa data. Dessa forma, ele invade as casas dos habitantes da cidade e rouba tudo aquilo que é relacionado ao Natal.

grinch


Edward Mãos de Tesoura (1990)
Muitos filmes se tornaram clássicos da Sessão da Tarde, mas Edward Mãos de Tesoura é uma daquelas preciosidades em que há uma certa unanimidade. Dirigido por Tim Burton, o filme apresenta a história de Edward, um ser inacabado e que possui tesouras no lugar de suas mãos. Quando sai de seu mundo solitário para conhecer uma pequena cidade, o doce Edward se vê em situações onde mesmo a sua vida está em perigo. Clássico burtoniano, Edward Mãos de Tesoura é um conto de fadas moderno e de qualidade e lirismo inquestionáveis.

edward


A Felicidade Não se Compra (1946)
Eleito como o melhor filme de Natal de todos os tempos (ainda que na época de seu lançamento o sucesso não tenha sido imediato), A Felicidade Não se Compra é um daqueles filmes que marcaram muita gente. Conta a história de um espírito, possível candidato a anjo, que é enviado à Terra com a missão de ajudar um empresário desolado com intenção de suicídio. OBS.: não se assuste com a sinopse reduzida.

felicidade


O Amor Não Tira Férias (2006)
Comédia romântica recente, O Amor Não Tira Férias traz Cameron Diaz e Kate Winslet nos papéis principais. Enquanto Cameron é dona de uma próspera produtora de vídeos, Kate é uma jornalista apaixonada por seu colega de trabalho. Após sofrerem uma desilusão amorosa, ambas se conhecem na Internet e decidem fazer um intercâmbio de casas. Em lares e países diferentes, elas conhecem e se relacionam com os mais variados tipo de pessoas e descobrem novos amores que marcarão suas vidas.

amornaotiraferias


Os Fantasmas de Scrooge (2009)
Produzido pela Walt Disney, Os Fantasmas de Scrooge conta a história de Ebenezer Scrooge (interpretado por Jim Carrey), um milionário ranzinza que só pensa em dinheiro e despreza o Natal. Com a morte de seu sócio, Scrooge recebe a visita de três fantasmas do Natal: do passado, presente e futuro, que levarão o velho a uma viagem que o ajudará a refletir melhor sobre suas escolhas.

scrooge


Milagre na Rua 34 (1994)
Refilmagem do clássico natalino de 1947, Milagre na Rua 34 gira em torno de um homem que é contratado para trabalhar como Papai Noel em uma loja de brinquedos. Lá, ele conhece Susan, uma garota que não acredita no bom velhinho – e lá está ele para provar à garota que o Papai Noel não apenas existe como está mais próximo do que ela imagina.

milagrenarua34

E para finalizar este post, já que o mundo realmente ainda não acabou,é sempre correto desejar boas festas a todos aqueles que estiveram acompanhando o site durante todo esse período. Obrigado de coração a todos que visualizam e ajudam na divulgação, ainda que indiretamente.